TCC’S de 3ª Geração

As Terapias Cognitivo-Comportamentais de Terceira Geração constituem a última geração de psicoterapias, ou seja, as terapias psicológicas mais modernas e avançadas, e com uma melhor relação entre custos e benefícios para as pessoas que procuram fazer psicoterapia. Tal como o nome sugere, não se trata apenas de uma, mas de várias psicoterapias, o que nos proporciona mais técnicas e estratégias psicoterapêuticas, capazes de tratar uma maior variedade de problemas/dificuldades, e ajudar mais e melhor as pessoas, com uma maior eficácia. Tudo isto torna estas terapias mais breves (menos prolongadas no tempo) e menos dispendiosas a médio e longo prazo. Estas são as terapias psicológicas mais praticadas pelos profissionais de saúde mental da REACH.

Estas psicoterapias surgiram a partir dos avanços e progressos da TCC, sendo o resultado de várias gerações de terapias:

  • A primeira geração (anos 50-60) surgiu com o desenvolvimento da Terapia Comportamental;
  • A segunda geração (anos 70-80) surgiu com o desenvolvimento da Terapia Cognitiva de Aaron T. Beck e da Terapia Racional Emotiva de Albert Ellis. A integração destas Terapias Cognitivas com a Terapia Comportamental deu origem à TCC;
  • A terceira geração (desde os anos 80-90 até à atualidade) tem sido caracterizada pelo desenvolvimento de novas abordagens, baseadas nos princípios da TCC. Estas terapias possuem técnicas atualizadas e mais avançadas, o que lhes permite ir mais longe do que a TCC (2ª geração) usada sozinha, no tratamento das mais diversas dificuldades/problemas psicológicos.

As TCC’s de 3ª geração integram, essencialmente, as seguintes abordagens:

► Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)

► Terapia Cognitiva Baseada em Mindfulness (MBCT)

► Terapia da Aceitação e Compromisso (ACT)

► Terapia Focada na Compaixão (CFT)

► Terapia Comportamental Dialética (DBT)

Estas terapias, para além de incluírem técnicas cognitivas e comportamentais, integram ainda as práticas de mindfulness (consciência e atenção plena), técnicas de relaxamento respiratório, técnicas de relaxamento corporal, entre muitas outras novas técnicas psicoterapêuticas. Estas terapias ajudam-nos a criar uma relação saudável, amigável e plena connosco próprios, com as outras pessoas, com o mundo e a vida, tendo por base o desenvolvimento de atitudes de não-julgamento, (auto-)compaixão, (auto-)aceitação e (auto-)perdão. Ajudam-nos no contacto gentil com as nossas emoções e sensações corporais, particularmente as mais desconfortáveis e dolorosas; na definição dos nossos valores e objetivos pessoais; no estabelecimento de intenções e ações positivas; e no desenvolvimento de novos significados e propósitos para a nossa vida.

Estudos científicos demonstram que as TCC’s de 3ª geração são atualmente um grupo de psicoterapias que oferecem sustentáveis benefícios e vantagens às pessoas que procuram fazer psicoterapia. Ou seja, os avanços na área da psicoterapia são visíveis, quer internacionalmente, assim como em Portugal.

*texto de Ricardo João Teixeira.