(dis)Semelhanças dos 3 programas baseados em mindfulness: MBSR | MBCT | MSC

Ao longo dos últimos anos temos vindo a assistir ao desenvolvimento de uma grande variedade de Intervenções Baseadas em Mindfulness (IBM´s) – ao que parece existem várias dezenas – que, não obstante as diferenças, partilham diversos elementos. Abaixo encontram-se algumas (dis)semelhanças entre os programas, cuja eficácia está cientificamente comprovada, e de que a REACH – Clínica de Saúde Mental dispõe:

  • Mindfulness-Based Stress Reduction (MBSR): Redução de Stress Baseada em Mindfulness
  • Mindfulness-Based Cognitive Therapy (MBCT): Terapia Cognitiva Baseada em Mindfulness
  • Mindful Self-Compassion (MSC): Autocompaixão baseada em Mindfulness

As IBM’s, não sendo obviamente panaceias, e sobretudo as baseadas em mindfulness por terem mais sustentação empírica, podem ser indicadas para pessoas que têm problemas de saúde, como tratamento adjuvante, mas nunca como alternativo.

MBSR

(Jon Kabat-Zinn, 1979)

É o primeiro protocolo baseado em mindfulness, para redução do stress. Inicialmente foi criado com vista ao alívio de sintomatologia associada à dor crónica. Porém, dado que o programa pretende inicializar a prática de mindfulness, rapidamente ganhou expressão junto de amostras clínicas e não clínicas. O MBSR pretende desenvolver a consciência de padrões de reatividade (e a sua inutilidade), a atitude de curiosidade, aceitação e não julgamento face a experiências internas (sensações corporais, emoções, pensamentos) e externas, promovendo comportamentos e rotinas de autocuidado.

MBCT

(Zindel Segal, Mark Williams & John Teasdale, 2002)

O objetivo inicial do programa de terapia cognitiva baseado em mindfulness (MBCT) foi ajudar pessoas com depressão crónica a prevenir recaídas. Contudo, atualmente, encontra-se adaptado a outras problemáticas ligadas ao mal-estar mental, tais como o stress crónico, a ansiedade e a obsessividade. O programa une princípios da psicoterapia cognitiva com técnicas de meditação mindfulness, para ensinar os participantes a conscientemente prestarem atenção aos seus pensamentos e sentimentos, sem os julgarem ou ficarem presos em processos de preocupação, ruminação ou autocriticismo.  A Associação Americana de Psicologia (APA), divisão 12 – Psicologia Clínica, salienta o programa MBCT como um ‘programa de relevância forte’, em termos de sustentabilidade científica (APA – relevância científica do MBCT ).

MSC

(Kristin Neff & Chris Germer, 2012)

O MSC é igualmente inspirado no MBSR, contudo combina a capacidade de mindfulness com a capacidade de autocompaixão. O programa é indicado à população em geral, em particular a pessoas perfeccionistas e autocríticas, visando desenvolver respostas ao sofrimento e dificuldades da vida com maior atenção, bondade e compreensão.

*texto de Estefânia Vasconcelos.

Artigos relacionados